segunda-feira, outubro 31, 2005

Os homens do momento

Pois é, quem havia de dizer que este rapaz vindo do Boavista conseguia carregar nos ombros o pesado fardo de substituir o Miguel...! Nélson Augusto Tomar Marcos, não só conseguiu susbtituir Miguel como conseguiu ainda faze-lo esquecer! No fim de certas e determinadas pessoas pensarem que estavam a lixar o nosso clube ao "ajudar" o Miguel a sair do Campeão Nacional, isto não deixa de ser muito irónico... A vida tem destas coisas, agora até lhes agradecemos visto que ganhámos dinheiro com a transferência e substituimos um jogador que constantemente se vinha a arrastar dentro do campo por um jovem cabo verdiano com um futuro enorme!
Nélson tem o dom de conseguir fazer um cruzamento letal a partir de um lançe aparentemente perdido e é um jogador que tem uma "finta curta" excelente. Pese alguns aspectos defensivos a rever futuramente, Nélson é já um jogador feito, e a sua naturalização vem a caminho...



Em relação a Nuno Gomes há pouco a dizer... não é nenhuma surpresa visto que o seu valor é deveras inquestionável. Ele próprio explica a sua excelente forma de uma maneira muito simples: "fiz uma boa pré-época sem lesões e as coisas estão-me a correr bem".
Espero então que as coisas lhe continuem a correr bem, o Benfica e o futebol português precisam de um Nuno Gomes ao mais alto nível. Boa sorte campeão!
|

domingo, outubro 30, 2005

Actualidade

Foi curioso verificar que durante uma ou duas semanas os portugueses quase se esqueciam dos graves problemas que existem no nosso país para se passarem a preocupar com um problema que, felizmente, não é nosso e muito dificilmente virá a ser... falo claro da gripe das aves. Ao mesmo tempo que andavam todos preocupados em se antecipar às medidas da UE gabando-se disso mesmo, um individuo não conseguia um emprego porque, por exemplo, tem habilitações a mais para o efeito! Eu só pergunto com que vontade fica um jovem, ao ver uma notícia destas, de se ir sacrificar durante 5 anos na universidade quando no final está sujeito a uma situação destas?! Não duvido da boa vontade das pessoas quando encorajam os jovens a estudar o máximo possível... mas terão de concordar que estas coisas são ingratas de mais para ser verdade! Quero crer que os nossos governantes estão a fazer tudo para mudar estas "pequenas grandes" coisas.


Agora falando de coisas mais "agradáveis", o nosso Benfica ontém conseguiu arrancar um empate num terreno mais apropriado para um corta-mato do que para um jogo de futebol... Mesmo assim os nossos jogadores demonstraram, mais uma vez, o porquê de terem aquele escudo na manga esquerda da camisola berrante, dando tudo por tudo para bater uma Naval que fez daquele jogo uma autêntica final europeia! Disse "o nosso Benfica conseguiu arrancar um empate" porque considero que, nestas condições, o ponto que obtemos é um ponto ganho e nao dois perdidos, claramente!
Deixo só uma nota: gostaria que, durante esta semana, dessem tanto relevo à posição de fora de jogo do jogador da Naval como deram a semana passada a respeito de apurar se a bola saiu ou não no jogo contra o Estrela da Amadora.
|

sexta-feira, outubro 28, 2005

Será medo do Campeão?

Durante esta semana, Koeman disse aquilo que todos nós já vimos. O treinador do Glorioso, na sua "ingenuidade" própria de uma pessoa que está há poucos meses em Portugal, baseou-se em certos e determinados dados para afirmar que os outros clubes têm medo do Benfica. E bem vistas as coisas os dados em que ele se baseou são bastante concretos, senão vejamos: o fcporto nas vésperas do clássico denunciou uma falta dura do Petit, "pedinchando" um sumaríssimo para o mesmo; a equipa do leixões adiou o jogo do fim de semana anterior à eliminatória da Taça de Portugal com o Benfica; a naval 1º de maio adiou igualmente um jogo mas desta feita foi o jogo da Taça, tendo em vista o confronto que têm com a equipa campeã nacional amanha. Ora tendo em conta factos deste tipo, eu se estivesse no lugar do Koeman e imaginando que ia treinar para a Holanda numa realidade que desconhecia por completo, e me deparasse com situações deste tipo, iria pensar igualmente que estariam com medo da minha equipa... seria um pensamento inevitável.
Na primeira e segunda situação já se provou que o referido "medo" se justifica, visto que contra o fcporto o resultado de 0-2 poderia ter sido bem mais dilatado ainda tendo em conta o tamanho "banho de bola" que demos em pleno estádio do dragão; já contra o leixões o jogo foi muito bem disputado mas o nosso capitão fez a diferença e demonstrou mais uma vez o porquê de ter uma equipa como o Liverpool "atrás" dos seus serviços. De salientar a garra e a determinação dos jogadores do leixões, apesar de terem demonstrado uma condição física fraquíssima para quem estava há mais de uma semana sem competir... Falta então o último destes três confrontos. Para começar, o treinador da naval 1º de maio, Manuel Cajuda, "respondeu" a Koeman dizendo algo do género: "não terei tanto medo do Benfica como eles tiveram do Manchester United". Pelo meio disto existiram ainda algumas declarações de José Veiga defendendo Koeman, e hoje, este último terá mesmo cortado o mal pela raíz afirmando: "Não tenho mais interesse em falar nisso. O sr. José Veiga já esteve muito bem a defender-me. Não vou discutir com uma pessoa que não conheço, nem me interessa conhecer. Sou treinador do Benfica e tenho de preparar a partida. Não tenho tempo para perder com outras coisas". E pronto, estão extinguidas as "polémicas"... agora venha o jogo! E já agora se não for pedir muito, o sr. Cajuda que faça jus áquilo que disse e que jogue o jogo pelo jogo contra o Benfica... seria interessante ver o resultado final!
|

Diferentes interpretações dos factos

Pouco depois de ter sido eliminado da Taça da Liga inglesa, José Mourinho afirmou não ter perdido o jogo. Terá dito que "o golo deles foi Robert Huth que falhou um penalti"... Numa coisa terá "razão", na ficha do jogo o resultado que aparece destacado é o 1-1, mas apenas na ficha do jogo, porque o que fica para a história é o resultado prático da eliminatória, e esse dita uma derrota para a milionária equipa de Londres.
O treinador português terá ainda dito que o Chelsea foi a melhor equipa durante os 90 minutos e que prefere ser eliminado nos penaltis do que no prolongamento ou no tempo regulamentar... Qualquer um lhe podia responder dizendo: "olha eu prefiro ganhar do que perder nos penaltis!". Mas iniciar-se-ia a denominada conversa da treta!
É obvio que eu percebo a frustração do Mourinho quando perde... não está habituado a estas coisas, ainda para mais tendo à disposição jogadores do calibre que tem, mas para seu bem é bom que se habitue, não que se habitue a perder mas que se habitue a encarar os resultados menos positivos com mais desportivismo, porque declarações deste tipo não podem cair bem em lado nenhum. Estou-me a lembrar da final da Taça de Portugal de há dois anos, que disputou contra o nosso grande Benfica, em que no final e após ter perdido no prolongamento, afirmou que "o resultado é uma farsa, o árbitro é uma farsa..."! Se bem que neste caso ainda nos fez rir um bocado! Caso José Mourinho utilize este tipo de discurso para de alguma forma dar animo à sua equipa, então deveria fazê-lo apenas no balneário e não na comunicação social.

Costuma-se dizer que os grandes homens não se vêm nas vitórias mas sim nas derrotas, e esta frase pode ensinar algo a Mourinho.
José Mourinho pode ser o melhor treinador do mundo, convenhamos que não é qualquer um que vai para Inglaterra sem conhecer a realidade do futebol desse país e num ano consegue vencer uma Taça da Liga e um Campeonato, "aniquilando" de todas as maneiras alguns que se julgavam donos do futebol inglês (leia-se Alex Ferguson, etc)... é certo que tem um plantel milionário à sua disposição mas todos sabemos que o dinheiro é uma grande ajuda mas não faz tudo! Todavia as permanentes falhas de cavalheirismo e humildade que revela sempre que obtém um resultado menos bom em nada o favorecem. E Cruyff tem toda a razão quando o alerta para isso...
|

Subscrever
Mensagens [Atom]