segunda-feira, abril 02, 2007

A liderança ali tão perto...

dluiz
No rescaldo do empate a 1 golo no clássico de ontem fica a clara sensação de "termos perdido 2 pontos e não ganho 1". Digo isto porque, apesar do controlo por parte do fcporto na 1ª parte do jogo - verdade seja dita que mais por culpa própria do que propriamente pelo grande caudal - o Benfica apresentou-se muito forte na 2ª parte, tendo feito por merecer bem mais do que este empate. O referido domínio na 2ª parte foi tal que a equipa portista apenas e só em contra-ataque chegou a incomodar um espectador chamado Quim. Justiça seja feita no facto de, salvo uma ou outra excepção, os contra-ataques azuis terem sido sempre perigosos, com a oportunidade de também “matar” o jogo.

Sinal mais: O ambiente proporcionado por nós sócios e também pelos adeptos benfiquistas em geral que mais uma vez honrou o mundialmente famoso Inferno da Luz.
Sinal menos: A atitude dos mesmos de sempre, que todos sabemos quem são - e a Liga também sabe mas prefere assobiar para o lado - e mesmo assim continuam a deixar entrar este tipo de “gente” nos estádios portugueses… Mão pesada para este tipo de atitudes é o mínimo dos mínimos que se pode pedir.
NDR: Parabéns a David Luiz que demonstrou mais uma vez ter um nível de jogo e uma experiência não condizente com a tenra idade de 19 anos. A continuar assim o “miúdo” Anderson que se cuide!

BWin Liga, 23.ª jornada
BENFICA-FC PORTO
Estádio da Luz, Lisboa
Hora: 20:15
Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)


BENFICA
Quim, Nélson, David Luiz, Anderson, Léo; Katsouranis, Petit, Simão, Karagounis; Miccoli e Nuno Gomes
Suplentes: Moretto, João Coimbra, Miguelito, Rui Costa, Derlei, Paulo Jorge e Mantorras
Treinador: Fernando Santos

FC PORTO
Helton; Bosingwa, Pepe, Bruno Alves, Fucile; Paulo Assunção, Raúl Meireles, Lucho e Jorginho; Quaresma e Adriano
Suplentes: Vítor Baía, Ricardo Costa, Cech, Alan, Renteria, Hélder Postiga e Anderson
Treinador: Jesualdo Ferreira

|

Subscrever
Mensagens [Atom]